Tradutor - Translate

Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Cáries dentárias e as curas naturais


Como curar cáries naturalmente


O mundo está lentamente acordando para o fato de que, quando você dá ao corpo o que ele precisa, ele pode curar coisas que antes achávamos ser impossíveis. Um bom exemplo do que é muitas vezes considerado como um problema de saúde incurável é a cárie dentária, mas uma extensa pesquisa está se tornando mais pública sobre a verdadeira natureza da cárie dentária e do fato de que existem soluções comprovadas que podem remediar isso.


As mentiras sobre a cárie dentária


De acordo com a American Dental Association, a razão pela qual você têm cárie dentária é a seguinte:


"[A cárie dentária] ocorre quando alimentos que contém carboidratos (açúcares e amidos), como leite, refrigerante, passas, bolos ou doces são freqüentemente deixados nos dentes. Bactérias que vivem na boca prosperam nesses alimentos, produzindo ácidos como resultado. Ao longo de um período de tempo, esses ácidos destroem o esmalte dos dentes, o que resulta em cáries dentárias."

Existem alguns problemas com essa teoria, incluindo:

• Grupos de indígenas que tinham carboidratos fermentáveis presos em seus dentes o tempo todo e que não escovavam ou passavam fio dental estavam, em sua maioria, completamente livres de cárie dentária.
• As bactérias não consumem açúcar ou farinha processada por causa da falta de nutrientes neles.
• Os alimentos que bactérias gostam de comer, como leite, legumes, carne, peixe e frutas, não são comumente implicados em causas de cárie dentária.

Então, se a explicação moderna da cárie dentária não é precisa, qual é realmente a causa da cárie dentária?

O que realmente provoca a cárie dentária

A cárie dentária, como pesquisada por Dr. Weston Price e outros pioneiros odontológicos, se resume a três fatores:

• Quantidade de minerais insuficiente na dieta.
• Quantidades insuficiente de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) na dieta.
• Nutrientes não estando prontamente biodisponíveis, e seu sistema intestinal não os absorvendo adequadamente. A presença de ácido fítico influencia largamente este fator.

Durante um período de tempo, se a sua dieta carece de vitaminas e minerais a partir de uma dieta pobre e/ou contém altos níveis de fitatos (a partir de grãos, sementes, nozes e leguminosas), a química do sangue e a proporção de cálcio e fósforo fica fora de seu equilíbrio, o que resulta em minerais sendo puxados a partir de ossos, dentes e causando perda de massa óssea.

Portanto, a crença de longa data que o açúcar provoca a cárie dentária é verdade, mas sendo um resultado dele esgotando os nutrientes do corpo, não porque as bactérias o comem e produzem o ácido que arruína os dentes.

Os remédios alimentares que podem curar cáries e decadência dentária


A fim de restaurar a proporção de cálcio e fósforo no sangue, e a permitir que os minerais se liguem nos dentes, não é suficiente apenas evitar comer muitos alimentos doces ou transformados. Também devemos comer alimentos de construção de saúde, contendo grandes quantidades de vitaminas e minerais que vão construir uma estrutura dentária forte e dura.

Alimentos para focar:


• Óleo de coco, laticínios de vacas alimentadas de ervas orgânicas (especialmente manteiga), frutos do mar e caldos de osso.
• legumes cozidos orgânicos (sopas com caldo de osso são ideais).
• órgãos e carnes de glândulas, como o fígado.

Limite alimentos que são ricos em ácido fítico, como cereais, feijão, nozes e sementes, bem como limitar a ingestão de alimentos processados cheios de farinhas processadas e açúcares que desequilibram os níveis de açúcar no sangue.

Suplementos a considerar são:


• Óleo de fígado de bacalhau fermentado - muito rico em vitaminas lipossolúveis A, D e K.
• Magnésio - é necessário utilizar o cálcio e o fósforo de forma eficaz.
• Gelatina - se você não tem tempo para fazer caldo de osso, esta é uma boa alternativa e é ótima para as gengivas e a digestão.

Fonte: noticias-alternativas.blogspot.com.br